Michel Temer, o Bastão de Comando e uma lição da história recente

O Noticiário do Exército informa que nesta terça-feira (21) o Presidente Michel Temer esteve no QG do Exército, mais conhecido como Forte Apache,  prestigiando a 310ª edição da Reunião do Alto-Comando do Exército Brasileiro. Temer estava acompanhado dos ministro da Defesa, Raul Jungmann e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Etchegoyen, além do comandante da Marinha, almirante Bacellar.
Ele recebeu, das mãos do comandante do Exército, general Villas Bôas, um bastão de comando, simbolizando o comando supremo das Forças Armadas, atribuição constitucional do Presidente da República.
“Ao receber esse bastão de comando, eu tenho uma responsabilidade maior. Ao dizer ‘muito obrigado’ aos senhores, digo no sentido literal. Com essa simbologia que me foi entregue, eu me sinto mais obrigado a cumprir, adequadamente, as minhas funções, como o fazem permanentemente as Forças Armadas do País”, declarou Temer.

O Bastão de Comando
Artefato confeccionado em pau-brasil, é um dos símbolos perenes do posto de Oficial-General juntamente com a Espada e a Carta-Patente de Oficial-General. É um símbolo de autoridade e insígnia de comando que vem de tempos remotos – tinham-no os reis, assim como os grandes capitães. Em campanha, as batalhas só se iniciavam quando o monarca ou o general-em-chefe fazia o sinal com o bastão. No Exército, é de posse exclusiva dos generais da ativa e seu uso é obrigatório para aqueles que estejam em função de comando.
Resultado de imagem para bastão de comando de oficial general

Vivendo e aprendendo...
Confesso que pela primeira vez tomei conhecimento de uma homenagem desse tipo, importantíssima, face ao simbolismo que encerra. E - claro! - fui ao Google pesquisar. Vejam só o que encontrei:

Esta imagem foi registrada em novembro de 2011, na sede do Comando Militar do Oeste, em Campo Grande (MS). O senhor que recebe o Bastão de Comando das mãos do general de Exército João Francisco Ferreira é, nada mais, nada menos, que Norberto Odebrecht. Nestes tempos de Lava-Jato, é um nome que dispensa apresentações.


Resultado de imagem para a flecha lançada a palavra pronunciada e a oportunidade perdidaA flecha lançada, a palavra pronunciada, a oportunidade perdida..

Sobre o homenageado, disse na ocasião o general Ferreira: 
“Quero manifestar ao estimado amigo o meu reconhecimento e admiração pela excepcional obra de relevante alcance social conduzida pela Fundação Odebrecht no Baixo Sul da Bahia. Agradeço a Dr. Norberto pelas lições que me transmitiu e reconheço, em sua pessoa, uma destacada personalidade, que reúne as qualidades de um verdadeiro comandante e líder”.

Oremos...
Para que os homens aprendam com a História.

Com informações de Odebrecht, Revista Verde-Oliva e Noticiário do Exército